RH Denorex O RH que parece, mas não é
11 jan 2017

RH Denorex O RH que parece, mas não é

Há tempos não vejo mais propagandas da Denorex na tv. Mas na minha infância e adolescência a Denorex, xampu para tratamento de caspa, aparecia na tv com um jargão que “colou” imediatamente: “Denorex, parece mas não é”; louvando o efeito imediato no controle da caspa, do xampu que parecia remédio mas não era. Hoje em dia muitas empresas tem um RH Denorex O RH que parece, mas não é.

Um pouco de realidade

Nas nossas visitas a empresas e conversas com empresários constatamos que fenômeno parecido ocorre no contexto organizacional. Não raro, nas organizações de pequeno e médio porte [e em grandes empresas também] há o departamento de recursos humanos, com uma pessoa designada como gerente de RH mas que na realidade, quando conversamos um pouco mais, percebemos que pode parecer, mas não é RH.

Os principais problemas de um RH Denorex – O RH que parece, mas não é

O que mais preocupa é que a empresa realmente acredita que tem um setor de RH em franca atividade quando na verdade não tem. Só parece, mas não é.

  • Ter um departamento com pessoas cuidando do processo burocrático de admissão e demissão não é ter RH.
  • Ter alguém que fica de olho no PCMSO, nos exames médicos periódicos, e no período aquisitivo de férias não é ter RH.
  • Ter um setor que responsável pela folha de pagamento não é ter RH.
  • Ter uma área responsável pelos benefícios dos empregados, plano de saúde, odontológico, etc. não é ter RH.

Empresas que tem isso, podem achar que tem RH, mas não tem.

Admissão e demissão, salário, férias, periódicos, risco, benefícios são cuidados essenciais que toda empresa precisa ter com as pessoas, previstos em lei e de responsabilidade da empresa. Mas esse conjunto de ações essenciais não configura um RH.

O RH de verdade tem dentro de suas atribuições básicas, cinco pontos de atenção e atuação.

  1. Definir junto com a empresa, as pessoas que irão fazer parte dela através de uma pesquisa de mercado sobre atividades inerentes ao cargo, competências técnicas e comportamentais necessárias ao cargo, salário médio praticado ao profissional do cargo e então partir para o recrutamento (captação) e seleção das pessoas para ocupar o cargo.
  2. Desenhar cada cargo dentro da organização com descrição detalhada de sua abrangência e peculiaridades. Desenho de um programa de avaliação de desempenho, que visa mensurar o quão aderente a pessoa está em relação ao cargo e o quanto ela pode ainda evoluir.
  3. Garantir que o combinado está sendo feito, ou seja, ficar atento se os salários praticados na organização estão compatíveis com o mercado. Se o contrato de trabalho está sendo cumprido no que tange os salários estarem sendo pagos corretamente e em dia, se os benefícios sociais estão sendo cumpridos e se há algo mais que a empresa pode fazer para melhorar ainda mais, se há segurança para o trabalhador exercer suas funções. Se o ambiente está adequado e se a atmosfera, o clima da organização está favorável à produtividade.
  4. Trabalhar ativamente para que todas as pessoas da organização tenham o incentivo e direcionamento que precisam para evoluir, desenvolvendo-se não apenas tecnicamente, mas também evoluir no comportamento e nas respostas às demandas do dia a dia organizacional. Nesse quesito, o RH que tem a capacidade de se esquivar do atacado e tratar individualmente a evolução de seu pessoal, tem um diferencial.
  5. Mapear demograficamente a organização e proporcionar uma visualização ampla e detalhada de seus atores.

Cenas dos próximos capítulos

Um RH efetivo, tem como ponto de partida para sua ação como Recursos Humanos, dentro da organização, essas 5 atuações. Sem que esses pontos sejam atentamente cobertos, não existe RH.

Nos próximos artigos, vamos detalhar a importância de cada uma dessas ações básicas do RH, para que você saiba, efetivamente, se sua empresa conta com um setor de RH ou parece mas não é.

A cada semana um artigo novo para você.

Cláudia Krüger é Sócia na Emovere You e acredita que a única forma de uma empresa se diferenciar é tendo pessoas diferenciadas fazendo parte de seu time

leave a comment

Make sure you enter the (*) required information where indicated. HTML code is not allowed.